Perguntem-me o que fiz na escola.

Encorajem-me, sem insistir, para que eu conte algo.
Mostrem-me interesse sincero por tudo o que eu relatar.
Não caçoem dos meus enganos.
Valorizem antes o esforço que eu despendi.
Falem sempre da minha escola com carinho.
Digam à minha professora tudo o que ela precisa saber para compreender-me melhor.
Não joguem fora meu trabalho, é importante para mim.
Ensinem-me uma frequência assídua.
Ajudem-me a chegar pontualmente à escola e não deixem de ir me apanhar na hora certa.
Se me sentir abandonado, posso ficar com medo de voltar à escola.
Sempre que possível, esteja um de vocês dois em casa quando eu voltar.
Deem-me um lugar para guardar meus trabalhinhos.
Permitam que eu assuma as minhas primeiras responsabilidades.
Procurem conhecer a minha escola, para saber o que e como eu estou aprendendo, e como funciona o ambiente que me cerca.
Compareçam sem falta às reuniões feitas pela escola, pois o assunto principal sou eu.
E, como último recadinho, peço-lhes:
Não façam comparações entre eu e os meus coleguinhas, não comparem o meu progresso com o do meu vizinho ou do meu irmão mais velho. Lembrem-se que eu sou um pequeno indivíduo com minhas próprias características.

Product Image